PRECAUÇÕES E ORIENTAÇÕES SOBRE CORONAVÍRUS

O que é o Coronavírus?

É uma grande família de vírus que podem causar doenças em humanos e animais. No caso dos humanos, os coronavírus provocam infecções respiratórias, que variam de um resfriado comum a graves doenças, como Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). O coronavírus atualmente descoberto causa a doença COVID-19.

Precauções

– Higienize as mãos frequentemente com álcool 70% ou água e sabonete.

– Mantenha pelo menos 2 metros de distância de quem estiver tossindo ou espirrando, pois quando alguém tosse ou espirra elimina gotículas que podem conter o vírus.

– Evite tocar os olhos, nariz e boca. As mãos tocam as superfícies e essas superfícies podem conter o vírus.

– Cubra o nariz e a boca com um lenço descartável ao tossir ou espirrar, em seguida jogue o lenço no lixo imediatamente e higienize as mãos sem tocar em superfícies. Utilize a etiqueta da tosse.

– Se caso não estiver bem, com tosse, febre e dificuldade para respirar, evite lugares com aglomerações de pessoas e procure um médico imediatamente.

– Só se dirija a unidades de saúde se realmente necessário.

Sinais e sintomas:   

– Febre;

– Cansaço;

– Tosse seca;

– Dores;

– Congestão nasal;

– Dor de garganta;

– Diarreia.

Quando procurar o médico

Caso apresente os sintomas, ou mesmo sem apresentá-los e esteve em contato com alguém que esteve há menos de 14 dias nos seguintes países: China, Alemanha, Austrália, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Camboja, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Japão, Tailândia, Vietnã e Singapura (Atualizados em 26/02/2020).

Viagens devem ser evitadas!

Verifique a possibilidade de troca. Caso não seja possível evitá-la, tome ainda mais cuidado com a higienização das mãos, evite aglomerações e siga as recomendações gerais de proteção.

Como ocorre a transmissão?

Ocorre por gotículas respiratórias, contato próximo (aprox. 2 metros) com alguém com os sintomas ou contato direto com as secreções sem proteção.

Quem tem maior risco de desenvolver doenças graves?

Ainda estamos aprendendo sobre o novo coronavírus se sabe que ele afeta com mais gravidade idosos e pessoas com condições médicas pré-existentes (como pressão alta, doenças cardíacas ou diabetes).

Fonte: Organização Mundial da Saúde (OMS), Centers for Disease Control and Prevention (CDC) e Ministério da Saúde.

Outros conteúdos